Alimentação Saudável e Socialização – Como agradar cães e tutores

A alimentação dos nossos pets é um dos itens mais importantes para garantir a saúde deles, além dos remédios, passeios e as vacinas, que também são itens mais que necessários.

E porque não falar da importância de tudo isso alinhado do carinho e principalmente da socialização? Há uma necessidade dos nossos bichinhos de ter convívio com a família, sua matilha, com outros cães e situações também.

Nisso tudo, podemos incluir toda e qualquer forma de educação, repreensão e também agrados e comidinhas que podemos dar e que não comprometem sua “vida de cão”. Os pets, cada um de um modo, tem sua rotina, os alimentos preferidos, os alimentos que podem ou não comer. São serem únicos!

Considerando isso, costumamos optar entre vários tipos de dietas: a alimentação caseira natural crua ou cozida, ração seca ou ração úmida. O ideal, qualquer que seja a opção, é que os alimentos escolhidos sejam os mais saudáveis possíveis, sem o uso exagerado de corantes e/ou conservantes ou até sem nenhum aditivo químico.

É por isso que os petiscos, que são dados como adicionais à alimentação, também devem seguir  essa linha. Petiscos podem ser usados como reforço positivo na socialização e no adestramento, mas muitas vezes damos porque nós, mais do que eles, temos necessidade desse contato. Ao ver aquela carinha pidona olhando para nós e querendo algo que estamos comendo, sofremos por não poder dar e sofremos mais do que eles.

Ao optar por um petisco natural, sem corantes, sem sal ou açúcar, podemos usá-los nessas situações sem peso na consciência. Claro que o consumo não é livre, existe uma quantidade adequada também, mas o importante é que seja sem aditivos nocivos à saúde.

Quando falamos em socialização, vale citar algo que está muito em voga hoje em dia, que são as festas caninas. O cãozinho faz “auniversário” e seu tutor organiza uma festa para ele. Parece uma grande bobagem: festa para cães, mas é um momento perfeito para treinar a socialização, onde os amigos cães brincam, correm, e até brigam. Isso poderia até ser um problema, mas sabendo lidar com essa questão fica fácil de evitar, e na grande maioria dos casos, confusões nem acontecem.

Cães e tutores se divertem, comem – sim, tutores também comem as comidinhas dos dogs- produtos saudáveis e saborosos, trocam ideias e experiências e voltam para casa cansados, porém FELIZES!

 

Flávia Canella, proprietária da Doggie Bag, empresa de petiscos artesanais e festas para cães

 

Conheça nossa linha de petiscos saudáveis: http://www.woufstore.com.br/petisco-para-cachorro

 

COMPARTILHE
clubinhopet